‘Visagem’ integra programação da 18ª Mostra EnCenaCatarina

‘Visagem’ integra programação da 18ª Mostra EnCenaCatarina. Foto: Louis Radavelli

“Desce… desce mais um tanto. Aí vem o mato, a noite, a curva, a sombra, a lua e você… Você sozinho na estrada. Você… e o medo”. A Cia Contacausos esteve no litoral catarinense para compartilhar os causos dos caboclos do Oeste. O espetáculo Visagem integrou a programação da segunda etapa da 18ª Mostra EnCena Catarina, realizada pelo Sesc de Santa Catarina.  

“Muito agradecidos ao Sesc Santa Catarina pela confiança e oportunidade. Participar do maior projeto de circulação de espetáculos do Estado contando as histórias da nossa caboclada nos deixou muito felizes”, agradece a contadora de histórias, Josiane Geroldi. O espetáculo foi apresentado no início de julho em quatro municípios: Tijucas, Palhoça, Tubarão e Criciúma.

Depois de subir ao palco, houve a oportunidade de compartilhar as informações sobre a produção da peça. Josiane dividiu com o público as pesquisas e as temáticas abordadas em cena. Em cada município também apresentaram-se os espetáculos “Das Águas”, da Cia Carona de Teatro (de Blumenau) e “Para Contar Estrelas”, do Grupo Cirandela (de Criciúma).

Visagem é o resultado do trabalho de pesquisa realizado pela Cia ContaCausos.  Em cena, as experiências, causos, relatos, crenças, modos de vida e linguagem compiladas através de investigação e entrevistas com moradores no Oeste catarinense ganham vozes e imagens. De maneira poética, o espetáculo procura difundir e estimular o reconhecimento das expressões da cultura popular/oral cabocla do Sul do Brasil.

Mostra EnCenaCatarina

Há 18 anos na estrada, a Mostra EnCenaCatarina fomenta e valoriza a cultura local. A cada ano, são escolhidos para compor o circuito trabalhos de grupos e/ou artistas catarinenses com espetáculos ou performances de teatro, circo ou dança.

Em 2018, o Sesc aprofundou o olhar sobre os diferentes públicos e produções artísticas do Estado, com uma novidade: a seleção de outros seis espetáculos para a abertura da mostra em cada uma das etapas. Desta forma, ampliou a participação de artistas catarinenses no projeto e valorizou as diferentes potencialidades de cada localidade.

Deixe um Comentário