Cia ContaCausos e Sesc realizam o ‘Café com Histórias’ nesta sexta (15)

Evento gratuito combina histórias, contadores e muito café.

Ouvir histórias sempre é muito bom, mas imagine histórias acompanhadas de um café – é melhor ainda. Esta é a proposta da terceira edição do “Café com Histórias”. O evento reúne contadores, entusiastas e “ouvidores” numa roda de contação intimista e aconchegante.

A iniciativa é organizada pelo Sesc de Chapecó, em parceria com a  Cia ContaCausos, e mediada pela contadora de histórias Josiane Geroldi. Esta edição contará com a participação dos contadores Henrique Sagave, Eva Lenita Trierveiler, Marcelo Wundervald, Marineuse Bet, Camila Miotto e Lila Marilia. A principal intenção do “Café com Histórias” é promover a contação de causos e contos populares, convidando crianças, jovens e adultos a imergir na atmosfera lírica que as histórias proporcionam.

“É interessante notar que o ‘Café’ se caracteriza pela diversidade de estilos de narrativas, desde fábulas a contos populares. Porque cada contador escolhe o que vai contar levando em consideração o público, o ambiente e o clima que se estabelece”, explica Josiane.

O evento, que acontece nesta sexta-feira (15), às 20h, na Biblioteca do Sesc de Chapecó, é gratuito e a classificação indicativa é livre. Mas vale lembrar uma condição essencial para participar: levar sua imaginação.

De acordo com Josiane, a proposta desta roda de contação, que envolve a narrativa oral, o café e o ambiente intimista, tem um propósito: “fazer com que as pessoas sintam-se acolhidas, próximas umas das outras, além de degustar um saboroso café; ou seja, é só amor”, brinca a contadora de histórias.

Histórico

Desde a sua idealização, o “Café com Histórias” propõe o encontro de contadores e escutadores, em espaços públicos de Chapecó, regado a um bom café. A primeira edição do evento foi realizada em 2014, no Café Brasiliano, com a presença dos contadores Eládio Disner, Henrique Sagave e Josiane Geroldi. No ano seguinte, o encontro – ainda no mesmo ambiente – foi conduzido por Josiane Geroldi, Rosy Liedy, Henrique Sagave, Eva Trieveler e Roni de Paula, de Xanxerê.

A decisão de transferir a roda para a Biblioteca do Sesc se deu em razão de ocupar o espaço com apresentações de contação de histórias e dinamizar o ambiente, assim como pelo fato de se tratar de um lugar sugestivo à narrativa oral.

Confira fotos do evento:

1 Comentário

  1. bernardete b . s. araujo
    Ótimo material. ...
    Deixe um Comentário 21/08/2016 at 20:10

Deixe um Comentário