Twitter response:

Tag: tradição oral

História Pra Contar: A onça e o veado
História Pra Contar: A onça e o veado

 

‘Tá’ aí uma história muito divertida! Está entre as mais antigas e mais populares das nossas narrativas de tradição oral. Causo que ainda hoje é passado de avô pra neto e assim por diante. Já foi muito publicada, e cada escritor, folclorista e contador de histórias dá a ela uma versão, aquele floreio bonito, o arremate, o exagero que encanta. Aqui na ContaCausos a gente gosta muito de juntar várias versões, por beleza e força de imagens na narrativa.

Borá encher o embornal?

 

A onça e o veado (Conto Popular de origem africana)

Os animais sempre viveram na floresta, abrigando-se em tocos de árvores, cavernas, embaixo de pedras em buracos na terra e na copa das árvores.

Um belo dia o veado resolveu construir sua casa. “Vou arranjar um belo lugar para construir a minha casa” disse ele.

Escolheu um lugar bonito, verdinho, florido, na beira do rio.

A onça também se decidiu –“Vou escolher um lugar bem bonito e vou fazer uma bela casa”.

Saiu para escolher o lugar, sem saber, resolveu construir sua casa no mesmo lugar que o veado.

No dia seguinte, o veado foi ao terreno, limpou o mato, capinou, retirou o lixo e foi embora descansar.

Quando a onça chegou e viu o terreno todo limpo disse. –“É deus que está me ajudando!”. Enfiou quatro estacas no chão e ergueu as paredes. No dia seguinte o veado quando chegou ficou muito feliz. –“deus está me ajudando!”. Trabalhou o dia inteiro e cobriu a casa, depois foi dormir morto de cansaço. Parecia até que a onça e o veado tinham combinado, quando um estava trabalhando, o outro estava descansando.

Um dia a casa ficou pronta e a onça mudou-se e ocupou um quarto. No dia seguinte à tardinha, chegou o veado com a sua mudança e ocupou o outro quarto.

De manhã os dois se encontraram. “Então era você que estava me ajudando”?

Depois de muita discussão resolveram morar juntos, cada um na sua.

Combinaram as tarefas, quem buscava água, quem limpava a casa e quem saía para caçar e quem cozinhava.

A onça saiu para caçar e trouxe um veado muito grande e deixou na porta.

O veado ficou muito apreensivo, mas conforme combinado, tratou e cozinhou o veado, mas não comeu.

No dia seguinte era a vez do veado caçar. Na floresta ele viu uma onça dormindo e um tamanduá caçando formigas. O veado disse ao tamanduá. –“Está vendo que aquela onça? Ela vive dizendo que vai comer você.” O tamanduá ficou muito irritado, aproveitou que a onça estava dormindo, deu-lhe um abraço pelas costas e matou-a.

O veado arrastou a onça até a porta da casa e disse “Hoje é seu dia de cozinhar”.

A onça ficou com medo do veado, tratou, assou a carne, mas não comeu.

O veado vigiava a onça e a onça vigiava o veado. Passavam os dias e as noites de guarda, uma noite o sono traiu o veado que caiu e bateu a cabeça numa madeira fazendo zoada, com medo da reação da onça fugiu e bateu a porta. A onça que também dormia assustou–se com o barulho, e com medo do veado fugiu para floresta sem olhar pra traz.

Nunca mais voltaram, ficando a casa abandonada.
Fonte: Cirandando Brasil

ContaCausos: Tubarão recebe “Foi Coisa de Saci” e noite do conto
ContaCausos: Tubarão recebe “Foi Coisa de Saci” e noite do conto

A Maratona de Contos em Tubarão renuiu públicos de diversas idades e em diferentes em ambientes para assistirem ao espetáculo “Foi Coisa de Saci”. Começou pela manhã, em visitação por duas escolas da cidade, à tarde a unidade do Sesc recebeu outras duas turmas e à noite houve o encontro de Josiane Geroldi com o contador de histórias Sergio Carneiro Bello (de Florianópolis).

Ambos os contadores apresentaram narrativas de seus repertórios e dialogaram com o público, na Biblioteca do Sesc, sobre as práticas da oralidade. Em conversa aberta, ressaltou-se essencialmente o fator simbólico das narrativas como arte do patrimônio imaterial da cultura popular.

 

VEJA TAMBÉM

Contação de histórias: Araranguá

Contação de histórias: Lages

Contação de histórias: Criciúma

 

Confira a galeria!

(Fotos: Assessoria de Imprensa/Taulan Cesco)

Gestor Box