Twitter response:

Tag: Sesc Santa Catarina

Josiane Geroldi e Paulo Freire apresentam espetáculo “Imagina Só”
Josiane Geroldi e Paulo Freire apresentam espetáculo “Imagina Só”

 

Parceria dos contadores reúne causos, viola e contos populares

Se há algo em comum no trabalho da contadora de histórias Josiane Geroldi e do violeiro Paulo Freire é o encantamento pelo imaginário popular. Há quem diga, inclusive, que imaginário é somente um palavra, pois lobisomem e saci existem. E dessa parceria entre os contadores, surgiu o espetáculo de narrativas “Imagina Só”.

texto

Os dois se apresentaram pela primeira vez juntos em 2016, durante o Encontro Internacional de Contadores de Histórias (Boca do Céu), em São Paulo. A parceria deu certo e ambos decidiram reunir os causos novamente. O repertório é baseado em causos  e mitos populares brasileiros e une a narração de Josiane com a viola e os causos de Paulo Freire, ou melhor, Dona Jo e Nhô Paulo.

Como lembra Josiane, “tradicionalmente, as histórias eram contadas em rodas de fogueira ou acompanhadas de música, viola caipira, nos serões ou junto à família”. E a intenção é justamente esta, levar às pessoas experiências e sentimentos, seja o humor, o medo, a alegria. “Em especial, queremos aproximar o público da identidade cultural e do folclore através das narrativas orais”, afirma a contadora.

Paulo Freire é escritor, músico e contador de histórias com mais de 20 anos de experiência. Sua carreira solo como compositor e cantor começou em 1995. Ao longo dos anos, Paulo contribuiu e produziu outros discos e trabalhos para a televisão, cinema e séries. Já publicou seis livros autorais e colaborou com outras duas publicações. Seu repertório como contador passeia entre os causos caipiras, folclóricos e contos da oralidade popular brasileira.

texto s

Quem conta um conto…

“Imagina Só” é um convite para fechar os olhos e se sentir no voo dos papagaios, desde as Veredas do Urucuia “inté” as barrancas do Rio Uruguai, brincam os contadores. E quem se programar, terá a chance de vê-los juntos. A partir do dia 06 de agosto, o espetáculo circulará em oito cidades de Santa Catarina. A circulação é uma parceria entre os contadores de histórias e as unidades do Sesc no estado. Veja abaixo a programação ou acompanhe no site do Sesc os locais das apresentações.

Programação

06/08 – Sesc São Miguel do Oeste

07/08 – Sesc Concórdia

08/08 – Sesc Xanxerê

10/08 – Sesc Chapecó

12/08 – Sesc Joaçaba

13/08 – Sesc Lages

14/08 – Sesc Blumenau

16/08 – Feira do Livro de Pouso Redondo (Sesc Rio do Sul)

 

Fotos: Pedro Napolitano Prata

ContaCausos realiza curso de formação com professores do Sesc Santa Catarina
ContaCausos realiza curso de formação com professores do Sesc Santa Catarina

 

Mais do que ‘ensinar a contar’ histórias, foi um encontro para entender a potência humanizadora das narrativas orais na escola. Assim podemos resumir O curso“Contar histórias na escola: um exercício de humanidade” ministrado por Josiane Geroldi da Cia ContaCausos. A convite do Departamento Regional de Educação do Sesc de Santa Catarina, a atividade reuniu professores na unidade do Sesc escola em Palhoça e São Miguel do Oeste e teve a intenção de problematizar a relevância histórica, social e as possibilidades artísticas da contação de histórias na contemporaneidade.

Ouvir e contar histórias  já foi uma prática comum entre famílias, mas com as transformações das relações familiares o espaço escolar tem se tornado cada vez mais atrativo a essa prática de encontro com a humanidade que existe em nós. Para Josiane as narrativas orais preservam a qualidade de sensibilização humana. Isso porque tocam de forma muito singular cada pessoa. E assim foi conduzido o curso, com foco na instrumentalização dos professores às técnicas e reflexões sobre a contação de histórias. Ou seja, a proposta foi apresentar maneiras e caminhos para realizar a arte narrativa através de experiências significativas no espaço escolar.

texto

“O curso foi tão intenso que parece ter durado meses”, brinca Franciele Pires, professora do Sesc em Palhoça e participante. “Eu mergulhei de cabeça em tudo o que conversávamos. Viajei por todos os lugares e descobri que posso ir muito mais além”. Segundo Franciele, a experiência a inspirou, dentre outras coisas, a ser mais humana.

 

 

CONTACAUSOS leva causos de SACI para toda Santa Catarina
CONTACAUSOS leva causos de SACI para toda Santa Catarina

O Baú de Histórias é um projeto que propõe a circulação de espetáculos de contação de histórias por todas as unidades do Sesc de Santa Catarina e cidades parceiras. A escolha desses espetáculos é pautada pela qualidade da encenação e fundamentalmente pela relevância literária da proposta. Dirigido a adultos e crianças, o Projeto Baú de Histórias é uma ação em prol do incentivo à leitura, valorização do contador de histórias como profissional reconhecido e a difusão da literatura de todas as procedências. (fonte: Site Sesc) todos os anos o Sesc de Santa Catarina recebe as propostas dos contadores de histórias e faz a seleção dos espetáculos para a circulação. A Contacausos teve a honra de participar do projeto em 2011 com a circulação do espetáculo Esticando as Canelas, em 2013 com a circulação do espetáculo Nem te Conto, em 2014 com o espetáculo Tem Coroa, mas não é rei e em 2016 com o espetáculo Foi Coisa de Saci.

Circular por todas as regiões do Estado de Santa Catarina, em 32 municípios nos colocou bem perto da nossa gente, porque o projeto leva as apresentações de narração de histórias para escolas, auditórios, centros comunitários, teatros, comunidades rurais, feiras de livros, maratonas de contos… A primeira etapa da circulação aconteceu no mês de abril, quando passamos por 16 cidades. Foram 20 dias de estrada, duas apresentações por dia e oficinas para contadores de histórias aos sábados. Na segunda etapa da circulação foram mais 32 apresentações em mais 16 cidades.

Deixamos aqui  registrado nosso agradecimento ao Sesc Santa Catarina pela confiança no trabalho da Contacausos, a acolhida e parceria de trabalho de todos os técnicos e produtores culturais do Estado. Os motoristas da Van Carlos e Eduardo que nos transportaram com segurança e tranquilidade nas duas etapas, todas as pessoas que nos receberam nos locais das apresentações e deixamos aqui uma galeria recheadinha do que rolou em mais uma circulação estadual da ContaCausos.

 

 

 

 

Gestor Box