Twitter response:

A Contacausos

A Cia Contacausos – Pesquisa e Contação de Histórias

Foi Coisa de Saci – Itaú Cultural – Foto: Pedro Napolitano Prata

Contar histórias, compartilhar a sabedoria popular, e dar voz à cultura oral do Brasil são objetivos da Cia ContaCausos, que se propõe a pesquisar, registrar e difundir a arte da narrativa oral, através da produção e apresentações de espetáculos de narração de histórias.

A Cia CONTACAUSOS tem apresentado espetáculos de  narração de histórias em escolas, centros comunitários, universidades, feiras de livros, bibliotecas, maratonas de contos, festivais, programações e projetos em diversos Estados brasileiros. Além de ter seu trabalho reconhecido e premiado em ações do Ministério da Cultura, como a Classificação no Prêmio Economia Criativa 2012, a seleção no edital Bolsa de Circulação Literária 2012 da Biblioteca Nacional/Funarte com o projeto “Um Punhado de Histórias”. Destacamos ainda a indicação estadual e finalista ao Prêmio Rodrigo Melo Franco 2013 do IPHAN. A seleção no edital FUNARTE de Ocupação do CEU dos Artes com o projeto CEU Aberto para as Artes em 2014.  Os espetáculos (Esticando as Canelas, Tem Coroa, mas não é rei, Nem te Conto e Foi Coisa de Saci) foram selecionados em 2011, 2013, 2014 e 2016 para integrar a programação do projeto Baú de Histórias – Circuito Catarinense de Narrativas do Sesc-SC, importante projeto que fomenta a arte narrativa através de circulação Estadual em todas as Unidades  do Sesc no Estado de Santa Catarina. Também foi contemplada pelo Edital de Fomento e Circulação das Linguagens Artísticas de Chapecó, em 2013 com o projeto de montagem do espetáculo Visagem e em 2014 pelo projeto Terça do Conto – Itinerância de Contação de Histórias nas Escolas do Campo de Chapecó. Nossos espetáculos já foram convidados e apresentados em festivais de contadores de histórias como o Boca do Céu – Encontro Internacional de Contadores de Histórias 2014 e 2016, Ecoh – Encontro de Contadores de Histórias de Londrina em 2014, 2015 e 2016. E no Festival de Contadores de Histórias de Porto Alegre em 2012 e 2014. Os espetáculos em repertório já foram selecionados para os Festivais de Teatro de Chapecó em 2013, 2015 e 2016. No 18º Fecate – Festival Catarinense de Teatro em 2015 e no 22º Floripa Teatro – Festival Isnard Azevedo com apresentações do espetáculo Visagem em 2015. Destacamos ainda o convite dos espetáculos para o projeto de circulação Encenação do Sesc Paraná nas Unidades de Marechal Cândido Rondon, Ivaiporã e Francisco Beltrão, com circulação nos municípios de abrangência de cada unidade.

Nós acreditamos na força das histórias, no poder do encontro e da construção coletiva através da palavra. Os conhecimentos, o povo, o humor, o medo, o fantástico, o imaginário, o encantamento e a paixão pela literatura oral brasileira é o que nos move!

 

 

Gestor Box